Eliane Auer
Só quem conhece a alma do poeta é que sabe onde moram suas emoções.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos
Título Categoria Data Leituras
Eu falo de amor Poesias > Amor 21:32 10
Poema de amor à arvore Poesias > Amor 15/09/18 11
Meu mundo em dois lugares. Poesias > Amor 14/08/18 12
Ré Clama! Poesias > Cotidiano 12/08/18 14
Concurso Literário Herinéa Lima Oliveira 2018 Poesias 20/06/18 72
MAGIROU Homenagens 06/04/18 15
EU NÃO SOU CORRUPTO! Crônicas 27/03/18 48
Amor no outono Poesias > Amor 21/03/18 14
O fim do silêncio Poesias > Social 21/03/18 15
A infância esteve ali. Poesias > Recordações 18/03/18 10
Quando é tempo de seminário Poesias 16/03/18 7
Dor da injustiça Poesias > Tristeza 12/03/18 9
Momento orvalhado Poesias > Amor 27/02/18 11
Pelas ladeiras e degraus, eu chego lá! Poesias > Amor 05/01/18 7
Na contramão Poesias > Social 05/11/17 23
O que pode haver de mais triste que a falta d’água numa cidade? Poesias > Tristeza 28/10/17 7
Você matou a poesia em mim Poesias > Desilusão 19/10/17 30
A felicidade é assim Poesias > Amor 19/10/17 16
A inclusão subordinada e a exploração capitalista contra o trabalhador Análise de obras 12/10/17 9
A Educação Profissional e Tecnológica como possibilidade de emancipação social Redações 12/10/17 17
Página 1 de 46 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»]
https://www.youtube.com/watch?v=BSscaMGkaok
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
elianeauer@uol.com.br- @escritoraelianeauer
http://mocabonita.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=4239426